Servidores



Serviços e Servidores

Controle, otimização e segurança da sua Rede.


Proxy

O proxy serve como um intermediário entre os PCs de uma rede local (LAN) e a Internet. Um servidor proxy pode realizar tarefas como compartilhar a conexão com a Internet quando existe apenas um IP disponível (o proxy é o único realmente conectado à Web, os outros computadores acessam a internet através dele); Melhorar o desempenho do acesso armazenando os sites anteriormente acessados (cache) para que, quando houver um novo acesso, o proxy envie o conteúdo armazenado nele sem a necessidade de "baixar" os dados novamente; Bloquear acesso a determinadas páginas (pornográficas, redes sociais, jogos online, etc.), como toda a solicitação de páginas na web feitas pelos coputadores da rede local passa pelo proxy é fácil implantar uma lista de endereços ou palavras que devem ser bloqueadas, para evitar por exemplo que os funcionários acessem conteúdos não condizentes com a política da empresa em horário de trabalho.

Firewall

Firewall é uma solução de segurança que, a partir de um conjunto de regras ou instruções, analisa o tráfego de rede para determinar quais operações de transmissão ou recepção de dados podem ser executadas. "Parede de fogo", a tradução literal do nome, já deixa claro que o firewall se enquadra em uma espécie de barreira de defesa. A sua missão, por assim dizer, consiste basicamente em bloquear tráfego de dados indesejado e liberar acessos autorizados. Neste sentido, um firewall pode impedir uma série de ações maliciosas: um malware que utiliza determinada porta para se instalar em um computador sem o usuário saber, um programa que envia dados sigilosos para a internet, uma tentativa de acesso à rede a partir de computadores externos não autorizados, entre outros.

VPN

VPN (Virtual Private Network ou “Rede Virtual Privada“) nada mais é do que uma rede privada de computadores que utiliza uma rede pública (a internet) como meio de transporte de dados, porém em um contexto seguro, como se você estivesse em uma rede local. A diferença é que esses computadores podem estar milhares de quilômetros distantes um do outro (um exemplo prático é quando uma empresa possui duas ou mais sedes e queira interligar sua rede). Claro que para isso é necessário uma proteção (conhecida como criptografia) onde os dados que trafegam pelo “túnel” (tunelamento) criado entre as redes locais, são criptografados impedindo que pessoas não autorizadas tenham acesso aos dados.

Arquivos

Um servidor de arquivos é responsável por centralizar os arquivos em um único lugar, facilitando assim o acesso dos dados por todos os computadores ligados a rede. Desta forma é possível dinamizar os trabalhos em grupo quando vários usuários necessitam trabalhar em um mesmo projeto por exemplo. É possível ainda controlar quem pode acessar os arquivos através de uma política de acesso, garantindo mais segurança da informação. Outro ponto forte em manter um servidor de arquivos na sua empresa é a política de backup dos dados, onde cópias dos arquivos são realizadas com periodicidade e segurança.

Impressão

Um servidor de impressão é uma parte fundamental do gerenciamento de impressão, é composto de um aplicativo (software) rodando em um servidor(hardware), destinado a controlar as tarefas de impressão enviadas para as impressoras locais e de rede, pelas diferentes estações de trabalho que compartilham entre si o uso do equipamento de impressão.

Terminal Server (Windows)

Nos sistemas operacionais da família Microsoft® Windows, o recurso Terminal Server concede aos usuários de computadores cliente da rede acesso a programas instalados em servidores de terminal. Com o Terminal Server, você pode fornecer um ponto único de instalação que permita a vários usuários acessar a área de trabalho do servidor, onde eles poderão executar programas, salvar arquivos e usar recursos da rede, tudo isso em um local remoto, como se esses recursos estivessem instalados em seus próprios computadores.

Virtualização

Em uma definição simplificada, a virtualização é um processo que, através do compartilhamento de hardware, permite a execução de inúmeros sistemas operacionais em um único equipamento. Cada máquina virtual criada neste processo é um ambiente operacional completo, seguro e totalmente isolado como se fosse um computador independente. Com a virtualização, um único servidor pode armazenar diversos sistemas operacionais em uso. Isto permite que um data center opere com muito mais agilidade e com um custo mais baixo.